sábado, 13 de fevereiro de 2010

Abrem-se as janelas

I

O que é isto tudo afinal?
- Bem estar umbilical?
Donde vem ele?
Talvez da noite quente e amistosa!
Talvez da inesperada e saborosa
Surpresa - aquele teu escondido abraço
Por mim tão esperado -
- que o frio levou!

II

Bem estar celestial?
Donde vem ele?
Abrem-se as janelas do meu quarto,
Daquele que foi
Simultaneamente teu - nesse estranho dia...
...Será nosso afinal!
O dia chama por nós!
Que fresco despertar!
Que delicioso acordar!
Não nos deixa dormitar,
Temos que o aproveitar!
Vamos olhar o límpido azul do Céu,
Olhá-lo e perfurá-lo,
Com o nosso invulgar e inesquecível
- Bom dia!


Porque foi bom.
Leve, puro, espontâneo, fresco e
Doce despertar!
Não mais te esquecerei!
A ti, manhã de Céu azul,
A ti, que me fizeste ver o dia,
Com um outro olhar!

III

Tudo era diferente!
Fantástica e ideal metamorfose!
- Mas tudo isto seria mesmo diferente?
A Culpa está no nosso olhar,
No amistoso despertar original,
No nosso preguicento deambular!


Data incerta

4 comentários:

Luís Gonçalves Ferreira disse...

E temos poeta. E eu gosto disto. E eu não conhecia és tua faceta. E está bonito e bem escrito e a positividade é necessária.

Inté,
Beijoca.

Sérgio disse...

Se perdesses tanto tempo na boabaiela connosco como perdes nisto serias muito mais feliz!
Mas vale a pena o resultado. MESMO! Podias era contar quando foi =D
Um beijinho*

Mary disse...

Oh Julieta!! O menino em cima (que se queria chamar Romeu lol) em cima disse-me agora para vir ver como a menina é muito prendada e fiquei boquiaberta. Li este e mais uns quantos e amei! E tens razão, dá para reparar e de que maneira que nunca se sabe com que espírito é que vais acordar de manhã. :)

Vá-se lá saber se esta inspiração toda teve mais frutos ainda, vamos vindo cá para saber! É giro quando escreves com alegria e positividade, como disse o Luís Gonçalves Ferreira. Normalmente só se sabe escrever sobre a tristeza, e tu consegues espalhar boas vibrações até a escrever!

Beijo!

Nádia Dias disse...

:) O bem escrito é relativo - gosto pouco dos cânones dos outros! Logo, é pró que me dá!
Assim ao jeito da Amália: "Obrigada. Obrigada. Obrigada a todos!" É sempre melhor partilhar alegria!

Baci's