segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Amy

Love is a Losing Game

Amy Winehouse

Provavelmente, a melhor música da (tímida) carreira da Amy.  Do álbum Back to Black. Dizem que ela voltará este ano, com mais originais. Espero e desespero. Ela, apesar de tudo, merece.


Luís Gonçalves Ferreira

5 comentários:

Marco A. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marco A. disse...

Olá Luís, confesso que não acompanho muito de perto a música de Amy, à excessão dos óbvios altos e baixos dela que me lembram um pouco a Courtney Love (guardadas as proporções). Lembrei aqui da Juliette Lewis n the ... (esqueci) enfim, mas me lembrei de um "som" que talvez você possa gostar: procure por Zazie no Utube.

Removi a mensagem anterior por q já estou escrevendo exceção com dois s, deixa pra lá ... mas em tempo; um bom clip para o início de semana.

Abraços Marco

Luís Gonçalves Ferreira disse...

Marco A. - Bem, que sugestão. Muito obrigado. Zazie tem uma sonoridade incrivelmente bem construída, que foge em muito ao estilo pop francês tipo. Encosta-se ali saudavelmente ao Rock-pop. Gostei bastante. E eu não aprecio nada a cultura musical francófona, por a achar completamente descolada do estilo musical europeu.
Abraço e, mais uma vez, obrigado pela sugestão.
:)

Diana Machado disse...

Há génios da música e eu enquadro-a nesse estatuto!
Apesar dos seus devaneios (que por sinal não são poucos), a música que ela faz é mesmo muito boa!

Bora deprimir um bocado? :)

Nádia Dias disse...

Qualquer génio que se preze tem que ter o seu Q de loucura. Infelizmente o caso de Amy é demasiado assumido e polémico, o que muito provavelmente ainda a enfraquece mais. Presumo, no entanto, é que se ela não atingisse certos auges a sua obra não fosse tão criadora, pois os mesmos provocam-lhe vivências e fertilidades imensas e distintas. Será um mal necessário ao Mundo?

Luís: este disco NÃO vai para Santiago.

Didi: deprimir um bocado pra quê?! É a história dela! O amor não é um jogo de azar, mas sim de encontros e desencontros, trocas e baldrocas! :D Eu só ouço esta música de vez em quando, e mesmo assim zus trus, Vade Retu Satanás! ;)

Baci's e obrigada pelo dia de hoje.