terça-feira, 22 de dezembro de 2009

É só mesmo por isto...




É só mesmo por isto que...não estudo mais
É só mesmo por isto que...dedico grande parte do meu tempo a ler revistas, a ver televisão, em comprar roupa, em ir ao cabeleireiro, em passar tardes nos cafés, em jantar fora, em beber caipirinhas e gins feitos pela Nádia
É só mesmo por isto que...não passo horas na biblioteca, nem nas aulas
É só mesmo por isto que...não passo o tempo que deveria passar a ler livros sobre Direito
É só mesmo por isto...que não me ponho a pé cedo
É só mesmo por isto...que pretendo não pensar mais do que o estritamente necessário
É só mesmo por isto...ai me farto de estar deitada no sofá a relaxar. Para ser sincera, já me dói as costas
É só mesmo por isto...que em Julho me recuso a ir a exames de recurso. Não me privem da praia!!!
É só mesmo por isto tudo que não tiro melhores notas: EU NÃO QUERO FICAR MALUCA!

Mas, será que apesar de me tentar abstrair de todos os males do Mundo, consigo manter alguma sanidade mental?
Eu sinto que ela se está a desvanecer!!!

Por isso, Papi e Mami não me voltem a perguntar porquê que não tiro as notas que tirava no secundário! Está aqui a minha explicação.

Sem mais,

5 comentários:

Luís Gonçalves Ferreira disse...

Estavas a fazer figura de perua e fútil, coisa que não tem nada que ver contigo. A Diana é muito certinha e inteligente. O Direito é que põe a cabeça maluca às pessoas :D

Beijo Beijo

Diana Machado disse...

opa era para ter piada...mas reparei que não gostaste!

Claro que sou muito certinha e muitissimo inteligente! Isso nem se questiona lol

Foi um dos momentos de doideira..não me leves a mal sim?

kisses*

Nádia Dias disse...

Não vos percebi. Luís, amedrontas-te a Diana. Acabei de ler o espelho do que tem sido a nossa vida académica. Isto está inteiro-verossivel-catedratica-literaria-literalmente perfeito.
Tenho muita pena de quem não é como nós, mas as noções de perfeição são todas distintas. Basta que aprendemos "Julgar o igual como igual, e o desigual como desigual". E o curso vai-se fazendo e lá vamos tentando viver, não está certo? Não podemos dividir simetricamente a vida por um objectivo concreto: a beleza e o verdadeiro truque disto tudo está em saber cultivar a vida.

E os meus bombay's, os meus mojitos, e os meus daiquiris é do melhor que há! Essa é que é essa!

PS - dois meses sem vos ver todos os dias não sei como vai ser não *

Diana Machado disse...

Nádia - Estás tu para defender a nossa vida académica!
Sabemos conjugar tudo: a inteligência serve tanto para a maravilhosa ciência que é o Direito, mas também é extremamente útil para conjugar umas roupitas!
Talvez neste pequeno texto sobrevalorizei as capacidade intelectuais que se digne de um aluno de Direito, mas a verdade é que me estou a passar. Preciso de saber as notas de IED.
OMG quem me dá um Xanax??? lol

P.S: eu não sei como vou viver dois meses sem a vossa companhia diária, sem o teu arroz e sem os teus mojitos, daquiris etc.
Simplesmente, voceses fazem-me falta!

muahhhhhh

Luís Gonçalves Ferreira disse...

Acho que aquele smile estava a mostrar a profunda ironia da minha afirmação. Brincar connosco mesmos é uma qualidades dos melhores seres humanos. Nós somos disso exemplo. E seremos até ao fim. E esse o sal da nossa terra e a luz do nosso céu.

Ai que poético. Até me auto-flagelei com lágrimas. :D

Beijoca na pernoca!